Simples Nacional é realmente a melhor opção?

Simples Nacional
Escolher o regime tributário da sua empresa é um passo muito importante na hora de tirar ela do papel. O Simples Nacional é apenas uma das formas.

Uma vez que sua empresa está, finalmente, saindo do papel, uma das coisas a se levar em conta é o regime tributário. O Simples Nacional, criado em 1996, é uma das principais escolhas do futuro empresário. Mas o processo não é tão simples assim — escolher e ponto final. Existem outros pontos a serem levados em consideração.

Quais são, então, os pontos importantes?

Em primeiro lugar, volto a frisar que toda a nossa equipe da Franco & Neri está à disposição para ajudar nessa e em quaisquer outras questões relacionadas à natureza contábil do seu negócio.

Em segundo lugar, é preciso saber as opções existentes no Brasil nos dias de hoje. Além do Simples Nacional, sua empresa pode estar enquadrada, também, no Lucro Real ou no Lucro Presumido.

E, já que estamos falando do Simples Nacional, vamos focar nele.

Quais as vantagens do Simples Nacional?

O Simples Nacional surgiu com o objetivo de facilitar o pagamento dos impostos, uma vez que as alíquotas são menores, e os tributos — PIS, Cofins, ISS, e outros, estão todos em uma única guia.

No entanto, apesar das vantagens, nem todo empreendedor pode escolher por esse regime. Caso sua empresa, por exemplo, fature mais do que R$ 4.8 milhões por ano, já não é possível a adesão.

Além disso, na hora de abrir a sua empresa, é necessário verificar se sua atividade está prevista legalmente, através do seu CNAE. O CNAE, de forma resumida, é o Código Nacional de Atividades Econômicas. Certas atividades não podem se enquadrar no Simples Nacional.

E quem não pode aderir?

A lista é grande, mas só para citar alguns casos de empresas que não podem aderir:
— Empresas que sejam filiais de empresas fora do Brasil
— Empresas criadas sob a forma de socidade por ações
— 
Sócios presentes em outras empresas optantes do Simples Nacional.

Como eu falei, a lista é grande.

Mas, em geral, o Simples é sim uma boa opção, especialmente se a sua empresa for pequena.

E, como sempre, nós da Franco & Neri ficaremos muito felizes se pudermos ajudar!

Rodrigo Franco.